viver

Quase se poderia dizer que só existo na medida em que existo para o outro e, no limite: ser é amar.

(Emmanuel Mounier)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: