Clarice Lispector

You are currently browsing articles tagged Clarice Lispector.

Nós, os que escrevemos, temos na palavra humana, escrita ou falada, grande mistério que não quero desvendar com o meu raciocínio que é frio. Tenho que não indagar do mistério para não trair o milagre. Quem escreve ou pinta ou ensina ou dança ou faz cálculos em termos de matemática, faz milagre todos os dias. É uma grande aventura e exige muita coragem e devoção e muita humildade. Meu forte não é a humildade em viver. Mas ao escrever sou fatalmente humilde. Embora com limites. Pois do dia em que eu perder dentro de mim a minha própria importância – tudo estará perdido.

(Clarice Lispector)

Tags: , , ,

Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.

(Clarice Lispector)

Tags: ,

Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda.

(Clarice Lispector)

Tags: , , ,

Minhas desequilibradas palavras são o luxo de meu silêncio. Escrevo por acrobáticas e aéreas piruetas – escrevo por profundamente querer falar. Embora escrever só esteja me dando a grande medida do silêncio.

(Clarice Lispector)

Tags: , , ,

– Ela é tão livre que um dia será presa
– Presa por quê??
– Por excesso de liberdade.
– Mas essa liberdade é inocente??
– É. Até mesmo ingênua.
-Então por que a prisão??
-Porque a liberdade ofende.

(Clarice Lispector)

Tags: ,

%d blogueiros gostam disto: