luz

Há bastante luz para os que querem ver, e bastante obscuridade para os que têm uma disposição contrária. Bastante claridade para iluminar os eleitos, e bastante obscuridade para humilhá-los. Bastante obscuridade para cegar os réprobos, e bastante claridade para condená-los e fazê-los indesculpáveis.

(Blaise Pascal)

Tags:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: