lágrimas

Pouco vale a destra que não enxuga as lágrimas do aflito sem lhe rasgar primeiro os seios da alma para lhe esquadrinhar do pranto a causa.

(Almeida Garret)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: