Pablo Neruda

You are currently browsing the archive for the Pablo Neruda category.

Para mim, no entanto,
tantas palavras iam
para me separar da solidão.
Eu as ultrapassei,
sem me ofender e sem me desconhecer,
como se fossem cartas
escritas a outros homens
parecidos comigo, mas distantes
de mim, cartas perdidas.

(Pablo Neruda)

Tags: ,

Não quero falar por um largo tempo,
silêncio, quero aprender ainda,
quero saber se existo.

(Pablo Neruda)

Tags: , ,

%d blogueiros gostam disto: