Ferreira Gullar

You are currently browsing the archive for the Ferreira Gullar category.

Uma parte de mim pesa e pondera. Outra, delira.

(Ferreira Gullar)

Share via email
Share

Tags: ,

Como dois e dois são quatro, sei que a vida vale a pena, embora o pão seja caro e a liberdade, pequena.

(Ferreira Gullar)

Share via email
Share

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Traduzir-se uma parte
na outra parte
– que é uma questão
de vida ou morte –
será arte?

(Ferreira Gullar)

Share via email
Share