Amor

You are currently browsing the archive for the Amor category.

O que a memória ama
fica eterno.

(Adélia Prado)

Tags: ,

A ciência me ensina a amar a mim mesmo acima de tudo, porque tudo neste mundo se estriba no interesse pessoal.

(Fiódor Dostoiévski)

Tags: ,

Amar é deixar de comparar.

(bernard Grasset)

Tags:

O princípio mais profundo da natureza humana é o desejo ardente de ser estimado.

(William Jones)

Tags: , , ,

Amar não é aceitar tudo. Aliás, onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.

(Maiakóvski)

Tags: , ,

Prometo falhar. Sem hesitar. Prometo ser humano, aqui e ali ser incoerente, aqui e ali dizer uma palavra errada, a frase errada, até o texto errado, aqui e ali agir sem pensar, para que raios serve pensar quando te amo tão desalmadamente assim?

(Pedro Chagas Freitas)

Tags:

A maneira de amar tudo é perceber que a coisa amada pode ser perdida.

(Gilbert Keith [G. K.] Chesterton)

Tags:

Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Há o amor. Que tem que ser vivido até à última gota. Sem nenhum medo. Não mata.

(Clarice Lispector)

Quase se poderia dizer que só existo na medida em que existo para o outro e, no limite: ser é amar.

(Emmanuel Mounier)

amor

Cada um de nós traz no fundo de si um pequeno cemitério daqueles que amou.

(Romain Rolland)

« Older entries

%d blogueiros gostam disto: